top of page

Observatório Sociológico Família-Escola – FaE – UFMG

Sobre o OSFE

Sobre o OSFE

O OSFE – Observatório Sociológico Família-Escola – é um grupo de pesquisa ligado ao Departamento de Ciências Aplicadas à Educação e ao Programa de Pós-graduação da Faculdade de Educação da UFMG (FaE). O grupo busca contribuir para a problematização e a valorização da temática da relação família-escola no âmbito da Sociologia da Educação brasileira. Congrega pesquisadores e estudiosos em torno da proposição, do desenvolvimento, da discussão e da divulgação de pesquisas ligadas a esse campo de conhecimento. Possui cadastro no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq e está aberto à interlocução e ao intercâmbio científico com outros grupos e/ou pesquisadores nacionais e internacionais.

O OSFE é formado por um grupo de professores da FaE/UFMG e por pesquisadores associados. A equipe nuclear está, atualmente, constituída pelos seguintes integrantes: Profa. Dra. Maria Alice Nogueira (coordenadora fundadora), Profa. Dra. Tânia de Freitas Resende (coordenadora atual), Profa. Dra. Maria José Braga Viana, Prof. Dr. Cláudio Marques Nogueira, Profa. Dra. Maria Amália de Almeida Cunha, Prof. Dr. Frederico Assis Cardoso, Profa. Dra. Priscila de Oliveira Coutinho e Prof. Dr. Guilherme de Alcantara.

Os pesquisadores associados são professores da UFMG ou de outras instituições, alunos de graduação e de pós-graduação e pesquisadores em geral, que desenvolvem ou participam de projetos de pesquisa em torno da temática família-escola e que têm uma participação regular nas atividades do OSFE.

Objetivos:

  • Constituir, na Faculdade de Educação da UFMG, uma instância de produção e de divulgação de conhecimentos no campo das relações família-escola, por meio da realização de pesquisas e do desenvolvimento de atividades científicas como seminários, colóquios, palestras, debates e outras.

  • Contribuir para a divulgação, problematização e valorização desse novo objeto de estudos na Sociologia da Educação brasileira.

Contexto:

As relações entre família e escola sempre estiveram, de alguma forma, presentes nos sistemas de ensino, na pesquisa educacional em geral e, mais especificamente, nas preocupações dos sociólogos da Educação (Van Zanten, 1988). Entretanto, nas últimas décadas tem-se assistido tanto a uma intensificação dessas relações – que passam a ser estimuladas por políticas públicas e valorizadas no âmbito dos projetos e das práticas pedagógicas das instituições escolares – quanto à emergência de um campo específico de estudos dedicado ao tema, no contexto da Sociologia da Educação.

Segundo Van Zanten (1988), embora família e escola sempre tenham desenvolvido relações sociais entre si, são relativamente recentes as interações individuais entre pais e professores, configurando uma “nova zona de interação” entre as duas instâncias. Devido a mudanças que se verificam tanto no modo de vida familiar quanto nas instituições de ensino (Nogueira, 1998), família e escola vivenciam uma aproximação cada vez maior, ou, nos dizeres de Terrail (1997), uma verdadeira “imbricação” entre seus territórios.

Observa-se, concomitantemente, a “emergência de um discurso – tanto por parte dos especialistas, quanto do senso comum – que prega a importância e a necessidade do diálogo e da parceria entre as duas partes”(Nogueira, 1998), gerando a chamada “ideologia da colaboração”. Políticas públicas são organizadas no sentido de estimular essa parceria, como no caso do “Dia Nacional da Família na Escola”, promovido, no Brasil, pelo Ministério da Educação, durante o governo Fernando Henrique Cardoso.

Além dessa intensificação das relações entre família e escola no âmbito das práticas sociais e dos discursos, assiste-se também, no contexto da Sociologia da Educação, à emergência de um campo específico de estudos voltado para a investigação dessas relações, em uma perspectiva microssociológica. Isso acontece no contexto de um movimento mais geral de reorientação da Sociologia da Educação, ocorrido a partir dos anos 1980/1990. Nesse movimento, observa-se um “deslocamento do olhar sociológico das macro-estruturas para as práticas pedagógicas cotidianas”(Nogueira, 1998). Sob a influência do instrumental antropológico (estudos etnográficos, observação-participante) e histórico (histórias de vida, biografias escolares), novos objetos emergem, tais como o estabelecimento de ensino, a sala de aula, o currículo e, interessando-nos mais especialmente, as trajetórias escolares dos indivíduos e as estratégias utilizadas pelas famílias no decorrer desses itinerários; as práticas socializadoras familiares e seu confronto com o modo de socialização escolar. Inicia-se, dessa forma, nos principais centros produtores de pesquisa em Sociologia da Educação – isto é, em países como França, Suíça, Bélgica, Inglaterra e EUA – a constituição de um novo campo de estudos, que passa a ser conhecido como “sociologia das relações família-escola”.

No âmbito da sociologia das relações família-escola, o grupo familiar deixa de ser visto como mero reflexo de sua classe social de pertencimento, passando a ser analisado em sua especificidade, em sua dinâmica interna e sua forma peculiar de relação com o meio social. Considera-se que “o funcionamento e as orientações familiares operariam como uma mediação entre, de um lado, a posição da família na estratificação social e, de outro, as aspirações e condutas educativas e as relações com a escolaridade dos filhos” (Nogueira, 1998). Verifica-se, nesse sentido, uma aproximação entre Sociologia da Educação e Sociologia da Família.

No Brasil, ainda não conseguimos desenvolver uma tradição significativa de estudos na perspectiva da sociologia das relações família-escola. De qualquer forma, como observam Nogueira, Romanelli e Zago (2000), o GT de Sociologia da Educação da ANPED tem desenvolvido um notável esforço no sentido de preencher essa lacuna. Cabe notar que, do trabalho em rede de um grupo de pesquisadores de diferentes universidades brasileiras, resultaram duas coletâneas sobre o tema, ambas publicadas pela editora Vozes: a primeira, justamente a que foi organizada por Nogueira, Romanelli e Zago (2000), intitulada “Família e escola – trajetórias de escolarização em camadas médias e populares”; e a segunda, denominada “A escolarização das elites – um panorama internacional da pesquisa”, organizada por Almeida e Nogueira (2002). Além desses trabalhos, diversas outras pesquisas vêm se desenvolvendo em torno da relação família-escola, especialmente no âmbito dos programas de pós-graduação brasileiros. Entretanto, existe ainda um grande campo de atuação para os estudiosos interessados no aprofundamento da temática.

Nesse cenário, a atuação do Observatório Sociológico Família-Escola (OSFE) se justifica por sua potencial contribuição para a produção científica brasileira no terreno da Sociologia da Educação. Dada a natureza dessa temática, o grupo se abre também para estudos e atividades interdisciplinares, envolvendo áreas como a antropologia, a psicologia, a demografia, a história da educação, a política, dentre outras.

Referências bibliográficas:

ALMEIDA, Ana Maria F., NOGUEIRA, Maria Alice. A escolarização das elites: um panorama internacional da pesquisa. Petrópolis: Vozes, 2002.

NOGUEIRA, Maria Alice. Relação família-escola: novo objeto na sociologia da educação.Paidéia, Ribeirão Preto, FFCLRP-USP, v. 8, n. 14/15, p. 91-103, fev-ago 1998.

NOGUEIRA, Maria Alice, ROMANELLI, Geraldo, ZAGO, Nadir (Orgs.). Família e escola: trajetórias de escolarização em camadas médias e populares. Petrópolis: Vozes, 2000.

TERRAIL, Jean-Pierre. La Sociologie des interactions famille-école. Societés contemporaines, n. 25, 1997, p. 67-83.

VAN ZANTEN, Agnes. Les familles face à l´école – rapports institutionells et relations sociales. In: DURNING, P. (Org.) Education familiale: un panorama des recherches internationales. Paris: MIRE / Matrice, 1988, p. 185 – 207.

Maria Alice.jpg

Profª. Drª. Maria Alice de Lima Gomes Nogueira

Professora Titular - Departamento de Ciências Aplicadas à Educação

Endereço de e-mail: malicen@terra.com.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/9543227391255854

    Coordenação

 ________________________________________________________________________________________________________________________

Maria Amalia.jpg

Profª. Drª. Maria Amália de Almeida Cunha

Professora Associada - Departamento de Ciências Aplicadas à Educação

Endereço de e-mail: amalia.fae@gmail.com

Lattes: http://lattes.cnpq.br/9453598248730847

    Coordenação

 ________________________________________________________________________________________________________________________

Priscila.jpg

Profª. Drª. Priscila de Oliveira Coutinho

Professora Adjunta - Departamento de Ciências Aplicadas à Educação

Endereço de e-mail: prioliveiracoutinho@gmail.com

Lattes: http://lattes.cnpq.br/3093999498459630

    Coordenação

 ________________________________________________________________________________________________________________________

Tania.jpg

Profª. Drª. Tânia de Freitas Resende

Professora Associada - Departamento de Ciências Aplicadas à Educação

Endereço de e-mail: taniaresbr@gmail.com

Lattes: http://lattes.cnpq.br/0757544530149064

    Coordenação

 ________________________________________________________________________________________________________________________

WhatsApp Image 2023-09-05 at 09.39.03.jpeg

Profª. Drª. Sirleine Brandão de Souza

Professora Adjunta - Departamento de Ciências Aplicadas à Educação

Endereço de e-mail: sirleinebs@ufmg.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/4526048008949151

    Coordenação

 ________________________________________________________________________________________________________________________

WhatsApp Image 2023-09-05 at 09.39.18.jpeg

Profª. Drª. Cibele Noronha de Carvalho

Professora Substituta - Departamento de Ciências Aplicadas à Educação

Endereço de e-mail: cibbelecarvalho@gmail.com

Lattes: http://lattes.cnpq.br/3615280332114812

    Coordenação

 ________________________________________________________________________________________________________________________

Mariana .jpg

Profª. Drª. Mariana Gadoni Canaan

Consultora em monitoramento e avaliação de políticas públicas e projetos sociais na empresa H&P Consultoria

Endereço de e-mail: mari_canaan@yahoo.com.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/9809273622031820

    Coordenação

 ________________________________________________________________________________________________________________________

Claudio Marques.jpg

Prof. Dr. Cláudio Marques Martins Nogueira 

Professor Associado - Departamento de Ciências Aplicadas à Educação

Endereço de e-mail: cmmn@uol.com.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/4616623900584215

    Coordenação

 ________________________________________________________________________________________________________________________

Frederico.jpg

Prof. Dr. Frederico Assis Cardoso

Professor Adjunto - Departamento de Ciências Aplicadas à Educação

Endereço de e-mail: fredasc@ufmg.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/3293853625234485

    Coordenação

 ________________________________________________________________________________________________________________________

Guilherme.jpg

Prof. Dr. Guilherme de Alcântara

Professor Adjunto - Departamento de Ciências Aplicadas à Educação

Endereço de e-mail: guilhealcan@gmail.com

Lattes: http://lattes.cnpq.br/5281307281176690

    Coordenação

 ________________________________________________________________________________________________________________________

GESED UFRJ.jpg

Grupo de Estudos dos Sistemas Educacionais (GESED) - UFRJ

Grupo Associado

 ________________________________________________________________________________________________________________________

SOCED PUC-RIO.jpg

Grupo de Pesquisas em Sociologia da Educação (SOCED) -  PUC-RIO

Grupo Associado

 ________________________________________________________________________________________________________________________

NESFE UFOP.jpg

Núcleo de Estudos Sociedade, Família e Escola (NESFE) - UFOP 

Grupo Associado

 ________________________________________________________________________________________________________________________

NUPEDE UFMG.jpg

Núcleo de Pesquisas em Desigualdades Escolares (NUPEDE) - UFMG

Grupo Associado

 ________________________________________________________________________________________________________________________

FOCUS UNICAMP.jpg

Grupo de Estudos Sobre Instituição Escolar e Organizações Familiares (FOCUS) - UNICAMP

Grupo Associado

 ________________________________________________________________________________________________________________________

Ana Cavaliere - UFRJ

Pesquisadora Associada

___________________________________________________________________________________________________________

Andréa Moura de Souza Aguiar – OSFE

Pesquisadora Associada

___________________________________________________________________________________________________________

Daniel Abud Seabra – UFOP

Pesquisador Associado

___________________________________________________________________________________________________________

Débora Piotto – USP Ribeirão Preto

Pesquisadora Associada

___________________________________________________________________________________________________________

Dília Maria Andrade Glória – Centro Pedagógico/UFMG

Pesquisadora Associada

___________________________________________________________________________________________________________

Écio Antônio Portes – UFSJ

Pesquisador Associado

___________________________________________________________________________________________________________

Joel Windle – UFF

Pesquisador Associado

___________________________________________________________________________________________________________

Luciano Campos da Silva – UFOP

Pesquisador Associado

___________________________________________________________________________________________________________

Maria José Braga Viana - OSFE

Pesquisadora Associada

___________________________________________________________________________________________________________

Maria do Socorro N. M. de Souza – UFAC

Pesquisadora Associada

___________________________________________________________________________________________________________

Marlice Nogueira – UFOP

Pesquisadora Associada

___________________________________________________________________________________________________________

Wania Maria Guimarães Lacerda – UFV

Pesquisadora Associada

___________________________________________________________________________________________________________

Rosa Coutrim – UFOP

Pesquisadora Associada

Membros

Membros e Associados

Bibliografia

Publicações OSFE

Capítulos de Livros

GOMES, M. de F. C.; NOGUEIRA, M. A. et al. Contribuições, implicações e tensões na/ da área de concentração processos de ensino e aprendizagem na educação básica de professores da rede municipal de ensino de Belo Horizonte. In: NOGUEIRA, Paulo Henrique de Queiroz; TOMAZ, Vanessa Sena. (Org.). FORMAÇÃO CONTINUADA DE DOCENTES DA EDUCAÇÃO BÁSICA: Contribuições da formação por área de concentração (LASEB). 1. ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2017, p. 21-45.

NOGUEIRA, CLÁUDIO MARQUES MARTINS. Bernard Lahire: contribuições e limites de uma sociologia em escala individual. In: frédéric vandenberghe; jean-françois véran. (Org.). Além do habitus. Teoria social pós-bourdieusiana. 1ªed.Rio de Janeiro: 7 Letras, 2016, v. , p. 49-69.

ALMEIDA JUNIOR, J. S. ; CUNHA, Maria Amália de Almeida . Pibid Lecampo- Contextos e Desafios. In: Míria Gomes de Oliveira. (Org.). Formação inicial de Professores Percursos e Inovações. 1aed.Belo Horizonte: Editora ufmg, 2016, v. 1, p. 243-254.

CUNHA, Maria Amália de Almeida; NUNES, C. M. F. . Os desafios da avaliação na busca pela qualidade da educação básica. In: Borges, Eliane Mederios; Vilardi, Leonardo; Vilardi, Luisa G. de A.; Martins Santos, Maria Auxiliadora. (Org.). Casos de Gestão- Políticas e situações do cotidiano educacional. 1aed.Juiz De Fora: Projeto CAEd- FADEPE/JF, 2016, v. 1, p. 397-403.

NUNES, Célia Maria Fernandes ; CUNHA, Maria Amália de Almeida . A narrativa como uma das fontes de construção do ofício do pedagogo. In: Célia Maria Fernandes Nunes; Regina Magna Bonifácio de Araújo. (Org.). Narrativas de Professores em Formação. 1ed.Jundiaí: Paco Editorial, 2015, v. 01, p. 37-50.

BROOKE, Nigel; CUNHA, Maria Amália de Almeida. A Avaliação Externa como Instrumento da Gestão Educacional nos Estados- 2a parte. In: Nigel Brooke; Maria Teresa Gonzaga Alves; Lina Kátia Mesquita de Oliveira. (Org.). A Avaliação da Educação Básica: a experiência brasileiraliação da Educação Básica: a experiência brasileira. 1aed.Belo Horizonte: Fino Traço, 2015, v. 1, p. 459-463.

CUNHA, Maria Amália de Almeida; NUNUES, C. M. F.. A formação inicial do Professor Frente aos Desafios do Tempo Presente. In: Suzana dos Santos Gomes; Adilene Gonçalves Quaresma. (Org.). Políticas e Práticas na Educação Básica e Superior. 1ed.Belo Horizonte: Fino Traço, 2015, v. 1, p. 203-217.

BROOKE, Nigel ; CUNHA, Maria Amália de Almeida . A Avaliação Externa como Instrumento da Gestão Educacional nos Estados. In: Nigel Brooke; Maria Teresa Gonzaga Alves; Lina Kátia Mesquita de Oliveira. (Org.). A Avaliação da Educação Básica: a experiência brasileira. 1aed.Belo Horizonte: Fino Traço, 2015, v. 1, p. 359-364.

XAVIER, F. P. ; ALVES, M. T. G. . Efeito das escolas, contexto socioeconômico e a composição por gênero e raça. In: Melo, Benedita Portugal e; Diogo, Ana Matias; Ferreira, Manuela; Lopes, João Teixeira; Gomes, Elias Evangelista. (Org.). ENTRE CRISE E EUFORIA: Práticas e políticas educativas no Brasil e em Portugal. 1ed.Porto: Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2014, v. 1, p. 975-1007

Viana, M. J. B. ; VIANA, M. J. B. . Em que consiste a excelência escolar nos meios populares? O caso de universitários da UFMG que passaram pelo Programa Bom Aluno de Belo Horizonte. Camadas Populares e Universidades Públicas – Trajetórias e experiências escolares. 1a.ed.São Carlos – São Paulo: Pedro & João Editores, 2014, v. , p. 13-44.

1 / 4

Please reload

Artigos

CARVALHO, CIBELE NORONHA DE ; NOGUEIRA, MARIA ALICE . O mercado de decoração infantil como agente de socialização: novos estilos para velhas hierarquias. PRÁXIS EDUCATIVA (IMPRESSO), v. 18, p. 1-19, 2023.

2023

CORREA, Licinia Maria; DE ALMEIDA CUNHA, Maria Amália. Life at a crossroads: high school students between the desire and the need to project the future. REVISTA EDUCAÇÃO & FORMAÇÃO, v. 8, p. 1-22, 2023.

2023

CUNHA, MARIA AMÁLIA ALMEIDA; OLIVEIRA, H. S.; VALERIO, M. P. G. A Miséria do Mundo e a reflexão sobre a segregação socioespacial: a luta pelo direito ao lugar. INTER-AÇÃO (UFG. ONLINE), v. 48, p. 326-342, 2023.

2023

CUNHA, MARIA AMÁLIA ALMEIDA; PEROSA, G. S.; VALLE, I. R. Apresentação- Muito além da grande miséria. INTER-AÇÃO (UFG. ONLINE), v. 48, p. 6-12, 2023.

2023

CUNHA, Maria Amália de A.; COUTINHO, Priscila de O. A pesquisa narrativa como pesquisa-formação. ETD: EDUCAÇÃO TEMÁTICA DIGITAL, v. 25, p. 1-6, 2023.

2023

DE ALMEIDA CUNHA, Maria Amália. A escrita do memorial acadêmico: ritual de passagem ou rito de consagração? LINHAS CRÍTICAS (UNB), v. 29, p. 1-18, 2023.

2023

CUNHA, Maria Amália de A. Escrever uma vida- O diário como fonte de pesquisa-formação. Belo Horizonte: Editora Caravana, 2022.

2022

CUNHA, Maria Amália de Almeida; REIS, JULIANA BATISTA DOS; COUTINHO, PRISCILA DE OLIVEIRA. Escrever para saber ser. DEBATES EM EDUCAÇÃO, v.14, p. 134-151, 2022.

2022

MASCARELLO, L.; CUNHA, MARIA AMÁLIA ALMEIDA. A Escolha da Escola e a Reprodução das Desigualdades Sociais. CADERNOS DE PESQUISA (FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS. ONLINE), v. 52, p. 1-6, 2022.

2022

NOGUEIRA, M. A., RESENDE, T. F. Com e para além de Bourdieu: revisitando duas teses centrais. Educação e Sociedade, 43, 2022.

2022

NOGUEIRA, MARIA ALICE; DE FREITAS RESENDE, T NIA . Relação família-escola no Brasil: um estado do conhecimento (1997-2011). EDUCAÇÃO: TEORIA E PRÁTICA, v. 32, p. e02[2022]-19, 2022.

2022

Trabalhos em Eventos

RESENDE, Tânia de Freitas. As famílias e os projetos de ampliação da jornada escolar no Brasil. In: 38º Encontro Anual da ANPOCS, 2014, Caxambu-MG.

2014

NOGUEIRA, Cláudio Marques Martins. Reflexões sobre a Sociologia da Educação nos cursos de licenciatura. In: I Encontro de Sociologia da Educação: O ensino de Sociologia da Educação nos cursos de licenciatura, 2014, Nitéroi. I Encontro de Sociologia da Educação. Niterói: UFF, 2014.

2014

1 / 5

Please reload

Reportagens e artigos de opinião

“Tensão e insegurança mútua marcam contrato educacional” – Texto da Profa. Tânia Resende publicado na Folha de São Paulo, São Paulo, p. Especial - 2 - Especial - 2, 22 set. 2013.

“Família e escola em parceria“- Revista Presença Pedagógica, ed. 96 de nov./dez./10. Reportagem com contribuição da Profa. Maria Amália de Almeida.

“Sem culpar o outro“- Revista Nova Escola, ed. 225 de set/09. Reportagem com contribuição da Profa. Maria Alice Nogueira. 

"A escola da família“- Revista Nova Escola Gestão Escolar, ed. 003 de ago/set/09. Reportagem com contribuição da Profa. Maria Amália de Almeida.

“O dever de casa é para o aluno, não para a família”- Entrevista da Profa. Tânia Resende ao Portal Educativo Ceale. 

“O professor deve sempre propor aos alunos o dever de casa?“– Artigo no Jornal “Letra A”, do Ceale/UFMG escrito pela Profa. Tânia Resende. 

Please reload

capa-familia-escola-site.jpg

Este livro constitui-se numa sólida contribuição para a sociologia da educação no Brasil. Medir a influência da família sobre o desempenho escolar das crianças, utilizando, de modo inovador, modelos quantitativos, consistiu apenas na primeira etapa do trabalho aqui apresentado, o qual se destaca no cenário das pesquisas nacionais sobre o tema das relações família-escola em vários pontos. Além das dimensões e diversificação da amostra, não se conhecem, no Brasil, estudos que tenham relacionado as práticas e as dinâmicas internas das famílias à proficiência do aluno obtida em testes padronizados. Tal etapa foi seguida da busca dos mecanismos finos por meio dos quais pode ser mensurado o impacto da vida doméstica no aprendizado dos estudantes. Isso exigia uma investigação qualitativa como a realizada no segundo projeto. Os diferentes capítulos de ambas as partes do livro apresentam conclusões que devem influenciar o desenho de instrumentos de pesquisas futuras, mas principalmente lançar um olhar mais detalhado para o muito que uma ação junto com as famílias pode fazer a fim de melhorar nossos resultados educacionais. Nesse sentido, os textos aqui reunidos trazem informações inéditas e importantes para subsidiaras escolhas que precisam ser feitas para a definição de políticas públicas de educação.

 

José Francisco Soares

Outras publicações 

Bibliografia

Livros - Bourdieu

Coisas Ditas, São Paulo: Brasiliense, 1990.

O Poder Simbólico, Rio de Janeiro, Bertrand Brasil, 1992.

​As Regras da Arte: génese e estrutura do campo literário, Lisboa: Presença, 1996.

Razões Práticas: Sobre a teoria da ação, Campinas, Papirus Editora, 1996.

Razões Práticas: Sobre a teoria da acção, Oeiras: Celta Editora, 1997.

Sobre a Televisão, Oeiras: Celta Editora, 1997.

O Que Falar Quer Dizer: a economia das trocas simbólicas, Algés: Difel, 1998.

Contrafogos: táticas para resistir à invasão neoliberal. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998.

A Dominação Masculina, Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1999.

Escritos de Educação, Petrópolis: Vozes, 1998. Organização de Maria Alice Nogueira e Afrânio Catani.

1 / 3

Please reload

Artigos Relacionados